ed 12/2009 : caiman.de

revista de cultura e viagem para américa-latina, espanha e portugal : [edição atual] / [primeira página] / [arquivo: edição/país/coluna]
deutsch// 


[art_3] Brasil: O Imperador não encontrou o Fenômeno
 
Até o último momento, os fãs mantiveram suas esperanças. Mas o Imperador não participou da partida entre Corinthians São Paulo e Flamengo Rio de Janeiro no último domingo. Ronaldo, pelo menos, tentou e se esforçou, mas tinha que deixar, aos 25 minutos do primeiro tempo, o campo mancando.

O retorno dos dois ao Brasil deu aos fãs um sensacional campeonato 2009. E quase ninguém tinha esperado por isso depois da lesão no joelho de Ronaldo no início de 2008. Deixou o Milan e fugiu para o Rio, onde foi tratado pelos medicos do Flamengo, seu clube de coração, segundo ele. O joelho ferido não o impediu de participar das noitadas selvagens nem de visitar, ao lado de três travestis, um motel.



O amigo e parceiro de balada Adriano também estava passando por um momento dificil. Depois do desastre brasileiro na Copa do Mundo de 2006 e a morte de seu pai, o Imperador mergulhou no consumo excessivo de álcool e numa depressão profunda. Chegou a anunciar, em abril de 2009, sua renúncia do futebol. Três semanas depois, o Imperador entrou novamente em campo, esta vez pelo Flamengo.

Nessa época, Ronaldo já estava brilhando novamente. Surpreendentemente, ele havia deixado o Flamengo e assinado um contrato com o arqui-rival Corinthians São Paulo. Enquanto o Rio inteiro gritou "traição" o Corinthians faturou milhões de reais com a publicidade em torno de Ronaldo.

Também superou todas as espectativas do lado esportivo quando voltou para os gramados em março. Embora visivelmente com excesso de peso, o atacante balançou as redes regularmente. Graças a Ronaldo, o Corinthians ganhou o campeonato estadual e a Copa do Brasil.

Mas, no decorrer do campeonato brasileiro, Ronaldo perdeu o fôlego. Mesmo a lipoaspiração feita para diminuir a barriga não ajudou. Com cada vez menos rendimento de Ronaldo, o Corinthians desceu tabela-abaixo. Enquanto isso, a estrela de Adriano brilhou cada vez mais. Os 19 gols marcados no campeonato o trouxeram de volta para a seleção, e ele ainda tem chances de ser artilheiro do campeonato. Assim, todos estavam esperando pelo reencontro com Ronaldo.



Mas não rolou. Adriano apareceu, no final da semana passada, com uma queimadura no pé esquerdo. Os rumores dizerem que se queimou numa viagem de moto. Outros falaram de um acidente de churrasco. Oficialmente, ele sofreu o ferimento ao encostar numa llâmpada no seu jardim.

Mesmo sem Adriano, o Flamengo venceu o Corinthians por 2-0 e pode se tornar campeão no domingo que vem. Ronaldo tropeçou contra o Flamengo sobre suas próprias pernas e deixou em seguida o campo machucado. Ele deve se consolar com o fluxo amplo de milhões de reais ao longo dessa temporada fracassada.

Texto + Fotos: Thomas Milz

[print version] / [arquivo: brasil]

 

 


© caiman.de : [disclaimer] / [imprint]