ed 12/2009 : caiman.de

revista de cultura e viagem para américa-latina, espanha e portugal : [edição atual] / [primeira página] / [arquivo: edição/país/coluna]
deutsch// 


[art_1] Brasil: Cinema com Lula
A estreia de "Lula, o Filho do Brasil"
 
Uma grande multidão apareceu nos estúdios da antiga Vera Cruz, em São Bernardo do Campo, a cidade onde tudo começou. Aqui, o metalúrgico Luiz Inácio Lula da Silva se transformou, durante os anos 70, no lídere dos metalúrgicos e das grandes greves. Foi aqui que eles desafiaram os cassetetes da ditadura, sob a liderança de Lula.


Muitos dos que estavam presentes naquela época, aglomeravam-se em torno das portarias dos estúdios cinematográficos. Sem convite pessoal ninguém entrava para ver a estréia do filme "Lula, o Filho do Brasil". Antigos companheiros do sindicato, membros da Igreja Católica que participavam da luta, muitos dos membros fundadores do PT, os membros da família do Presidente e as celebridades inevitáveis do mundo da TV Globo estiveram presentes. Enquanto os VIPs comeram sanduíches e tomaram água mineral, o restante tomava pipoca com Coca Cola.

Na área VIP, os fãs tiravam fotos com Glória Pires, a mãe da televisão brasileira. Ela faz o papel da Dona Lindu, mãe de Lula e a verdadeira heroína do filme.


Foto: Gloria Pires + Thomas Milz

O filme começa com o nascimento de Lula, em 1945, no pobre Nordeste do país, o sétimo dos oito filhos da familia. Abandonada pelo pai, a família batalha para sobreviver. Anos depois todos se mudam para Santos, onde há um reencontro com o pai abusivo.

Para o bem dos filhos Dona Lindu resolve, finalmente, deixar o marido e passa a morar com eles em São Paulo. Lá Lula, o vendedor de laranja e engraxador de sapatos, estuda, a pedido de Dona Lindu, para virar um metalúrgico. Até aqui, tudo não passa de uma história típica vivida por muitos "filhos do Brasil".

Após a morte de sua primeira esposa, que morre durante o parto do primeiro filho, a vida de Lula muda radicalmente. Ele se casa pela segunda vez e vira lídere dos metalúrgicos de São Bernardo do Campo.


Nas greves do final dos anos 70 Lula vira um símbolo nacional, acusado por uns de ser comunista, celebrado, por outros, como herói da classe trabalhadora e encacerado pelos militares.

Ele só sai da prisão por algumas horas para ir ao enterro de Dona Lindu. Aqui o filme termina, depois de duas longas e cansativas horas. Mas claro que todo mundo sabe como a história continua.

Sentado na primeira fila do cinema Lula se emocionou e não escondeu as lágrimas. Tanto que nem apareceu na prometida coletiva após o filme.


Grande parte da platéia de mais de duas mil pessoas também se emocionou. Especialmente os fãs mais jovens manifestaram sua perplexidade com a vida sofrida de Lula, fato até então desconhecido por eles.

Mas também ouvia se críticas ao filme, dizendo que a história real da vida de Lula era muito mais bonita que o filme, produzido a custos de 16 milhões de reais por Luiz Carlos Barreto. Mesmo assim, vai ser um sucesso enorme quando for entrar em cartaz a partir do dia 1 de janeiro de 2010. Basta ver que a popularidade de Lula está atualmente em torno de 80% na população brasileira.

Nunca antes houve na história do Brasil um presidente mais popular e mais querido pelo povo. Assim serão milhões de espectadores nos cinemas em todo o Brasil, querendo ver a história dos primeiros 35 anos de vida do Presidente. Pouco importa se o filme seja (ou não seja), ao mesmo tempo, um triunfo artistico.

Portanto, Lula , vai chegar ao final do seu mandato, no final de 2010, com indices de simpatia ainda maiores, antes de entregar a presidencia nas mãos do seu sucessor. Ou, melhor, sua sucessora. Ao lado de Lula, a ministra Dilma Rousseff, sua candidata preferida que, segundo a midia, não tem a personalidade nem o popularidade de Lula.


Foto: Offizielles Filmplakat

Foto: Filmproduzent Luiz Carlos Barreto

Mas provavelmente tanto faz. "Independentemente de quem Lula coloca como seu sucessor, a gente segue a indicação dele", ouvimos dizer as pessoas a caminho de casa.

Texto + Fotos: Thomas Milz

Trailer oficial do filme:


Site oficial do filme:
http://www.lulaofilhodobrasil.com.br/

[print version] / [arquivo: brasil]

 

 


© caiman.de : [disclaimer] / [imprint]