ed 09/2009 : caiman.de

revista de cultura e viagem para américa-latina, espanha e portugal : [edição atual] / [primeira página] / [arquivo: edição/país/coluna]
deutsch// 


[art_4] Brasil: Somos todos Tubaína
O mais novo hype da noite de São Paulo
 


Nenhum outro nome seria melhor para um bar que quer se tornar um novo ponto de encontro para paulistas de todas as idades e tribos. Localizado bem no coração do Baixo Augusta, a região que está despontando como cenário boêmio e alternativo de São Paulo, o Tubaína carrega no nome inúmeras referências bacanas:

Tubaína é humor, tradição e ao mesmo tempo modernidade. É brasilidade, latinidade, é ser urbano e interiorano, ser popular, brega e alternativo. Tubaína é hype, é hippie, é a saudade da infância na casa dos avôs no interior. Tubaína é simplicidade, e é um luxo.



Quem não tomou uma Tubaína para acompanhar um sanduíche de mortadela?
Quem já bebeu, ficou na saudade. Quem não bebeu, ficou na vontade.

O Tubaína Bar é para todos, bem no espírito do Baixo Augusta. É para saudosos e curiosos, para antigos e modernos, para duros e abastados, para brasileiros e gringos.

Entre no nosso espírito interiorano, sinta-se no aconchego do lar, bem ao lado dos arranha-céus da Av. Paulista. São Paulo tem dessas coisas. São Paulo vai virar Tubaína!



E a comida? 
Na comida de casa, uma licença poética.

Para matar a saudade da comida materna, o cardápio do Tubaína foi procurar referências especiais em pratos triviais, como o cuscuz, o molho bolonhesa e a pamonha de Piracicaba.
Dirigida pela chefe piracicabana Sol Caldeira, a cozinha do Tubaína oferece comida simples, mas de alta qualidade. Do jeito que mamãe fazia.

O cardápio, aliás, pede uma licença para trazer alguns pratos da comida peruana, uma culinária famosa no mundo, que começa a chegar em São Paulo. A chefe peruana Mirtha Goyzueta, que trabalha no Hotel Ritz Carlton de Orlando, ensinou os pratos peruanos da casa, entre eles o Cebiche.

A licença vale porque ela é uma grande mãe, e porque foi criada com Inca Kola, a Tubaína mais famosa das Américas.


Já Sol, cresceu bebendo a piracicabana Etubaína Orlando. 
A licença está pedida, o resto é poesia, na nossa cozinha! 

Texto: Tubaína
Fotos: Thomas Milz

Tubaína Bar – Rua Haddock Lobo, 74 (entre as ruas Matias Aires e Fernando de  Albuquerque) – Consolação, São Paulo (SP). Tel.: (11) 3129-4930. Horário: terça a sábado, das 18h às 3h (cozinha até 1h).

[print version] / [arquivo: brasil]

 

 


© caiman.de : [disclaimer] / [imprint]