ed 02/2010 : caiman.de

revista de cultura e viagem para américa-latina, espanha e portugal : [edição atual] / [primeira página] / [arquivo: edição/país/coluna]
deutsch// 


[art_1] Brasil: Vozes do mundo alternativo
O 10. Fórum Social Mundial em Porto Alegre (25.-29. de janeiro de 2010) em palavras
 
Marina Silva, candidata do Partido Verde a Presidência da República: "As experiências socialistas não deixaram um legado diferente do modelo perverso capitalista."

Fórum Social Mundial [zoom]
Fórum Social Mundial [zoom]

Luiz Inacio Lula da Silva, Presidente da República: "Eu tenho consciência de que Davos já não tem mais o glamour que eles pensavam que tinha em 2003. O sistema financeiro já não pode desfilar como sendo um modelo exemplar de gerenciamento do sistema financeiro, porque acabou de provocar a maior crise mundial dos últimos anos, por irresponsabilidade gerencial, administrativa e de concepção."

Lula [zoom]
Camila Moreno [zoom]

Joao Pedro Stedile, líder do MST: "A reforma agrária anda mais devagar que uma tartaruga dormindo."

Camila Moreno, ativista da ONG "Terra dos Direitos": "...é muito difícil muito dificil fazer um grande festival da esquerda, um encontro do progressismo, discutindo temas de perfumaria."

Boaventura de Sousa Santos, sociólogo português e pensador alternativo: "Vamos ter que criar lutas. Com conflitos, sem dúvida. Nem sempre nossa luta será legal [juridicamente legal]. Deve ser sempre pacífica, mas não vai ser sempre legal. E se calhar, teremos que fazer alguma ocupação de terra, mesmo que ilegal. Isso não é violência, não é terrorismo, tem lugar se a reforma agrária não puder avançar"

Boaventura de [zoom]
Sousa Santos [zoom]

Marina Silva, candidata do Partido Verde a Presidência da República: "Não sou desse tipo que se intimida facilmente. Imaginem se chegassem para o Mandela e dissessem: "Pare com isso. Você é um sonhador. Que história é essa de querer acabar com o apartheid?" E ele desistisse?"

Marina [zoom]
Silva [zoom]

Boaventura de Sousa Santos, sociólogo português e pensador alternativo: "A nossa grande arma é o uso radical da democracia. Essa forma, essa paixão que temos hoje pela justiça social. Uma democracia radical, que tem que ter lugar na fábrica, no campo, nas ruas, na escola, em todo lado. Se me perguntassem qual é o socialismo do século 21, eu diria que é democracia sem fim. Nada mais do que isso".

Lula [zoom]
Grajew, Shah, Whitaker [zoom]

Camila Moreno, ativista da ONG "Terra dos Direitos": "Toda essa esquerda aqui - pelo amor de Deus - precisa se reinventar urgentemente. Mesmo apos de dez anos de um processo, ainda falta muito."

Francisco Whitaker [zoom]
Camila Moreno [zoom]

Luiz Inacio Lula da Silva, Presidente da República: "Eu venho a este Fórum com a mesma vontade, com a mesma disposição com que eu vim aqui em janeiro de 2003, quando tinha apenas poucos dias na Presidência da República. Naquele tempo, o Fórum também era o início de uma experiência de organização da sociedade civil para reivindicar, para propor e para lutar no mundo inteiro, na perspectiva de que nós poderíamos apresentar a ideia de que um novo mundo era possível, um novo Brasil era possível, uma nova América do Sul era possível, uma nova América Latina era possível."

Nandita Shah, ativista indiana pelos direitos das mulheres: "I think there's a crisis in the left and in our voice. I hope these five days will bring us out of this visionless tunnel."

Oded Grajew [zoom]
Fórum Social Mundial [zoom]

Francisco Whitaker, fundador do Forum Social Mundial: "O sistema está fazendo água."

Texto + Fotos: Thomas Milz

[print version] / [arquivo: brasil]

 

 


© caiman.de : [disclaimer] / [imprint]